Sem pressão, Etiene vence em retomada das provas de 100m e vibra: “Nadar na casa dos 57 é muito bom”

Voltado a disputar as provas mais longas após sua cirurgia, Etiene vence 100m costas, é a única a nadar na casa dos 57 segundos e acredita em participação na prova no mundial da China no final do ano

 

São Paulo, 27 de Agosto de 2018 – Nadando sem pressão depois de alcançar o índice para o Mundial nos 50m costas, Etiene Medeiros, atleta do Sesi-SP, caiu na piscina mais uma vez nesta segunda-feira, no quarto dia do Trófeu José Finkel, disputado no Esporte Clube Pinheiros, e venceu a prova dos 100m costas com o tempo de 57s82.

“Foi um bom tempo, nadar nessa casa dos 57 é muito bom. Estou feliz de estar retomando, estou feliz de realmente estar no 100 (metros) costas de novo. Final do ano passado eu nadei super bem, mas ainda falta pegar um pouquinho mais o timming da prova, ter um pouco mais de preparação na última virada que poderia ser melhor. A meta é no final do ano estar bem”, disse após sua vitória.

Com Etiene retomando as provas de 100m depois de sua cirurgia, o técnico Fernando Vanzella, que acompanha a nadadora desde 2013 no Sesi-SP, avaliou positivamente a prova e acredita que até o final da temporada, com trabalho, ela melhore os tempos.  O treinador também valoriza o tempo obtido na prova, lembrando que o índice para o mundial era um tempo inferior aos melhores da nadadora. “O indice era o terceiro melhor tempo do mundo, é considerado um indice bem forte. O tempo sulamericano de 57,10, que é dela (Etiene) já é acima do indice, então pra ela fazer o índice tem que melhorar o tempo individual e nós estamos numa fase de retomada depois da cirurgia dela, ontem foi muito legal a prova de 50m, ela mostrou que está chegando, mas ainda falta um pouco para desenvolver, principalmente nos 100m. Então acredito que ela chegue no mundial pra fazer os melhores tempos e fazer uma final nessa prova também”, disse o técnico.

O treinador destaca que, apesar de não ter atingido o índice pela CBDA, a atleta deve disputar o mundial, pois seu tempo se enquadra no índice da FINA. “Na disputa das provas de 100m ainda falta um detalhe, um treinamento intensivo que é o que vamos buscar até o final do ano. Provavelmente vamos inscrever ela nesta prova no mundial, pois apesar de não ter feito o índice da CBDA, ela conseguiu o indice da FINA”, completou o treinador.

Surpresa com o tempo, Etiene se diz confiante para disputar o mundial no final do ano . “Foi muito boa a participação, eu não tava esperando 57, me surpreendi. Estar nadando de novo essa prova, no nível diferenciado, pra poder encarar no mundial que, apesar de não ter pego o índice aqui, eu vou nadar essa prova lá, então traz mais confiança para fazer um bom mundial”, disse a nadadora.

Por fim, a nadadora destaca as jovens competidoras da sua prova e valoriza seu resultado afirmando estar mais leve depois de conquistar o índice nos 50m costas, no domingo. “Quando a gente nada bem, a gente realmente fica mais leve. Hoje nadei mais tranquila, fui a única na casa dos 57, mas as meninas mais novas estão batendo recordes em cima de recordes, a Fernanda (Gomes Celidônio) de Brasília é super boa, então a gente vê muito potencial no 100 metros costas e espero ajudar as meninas ainda”, finalizou.

PROVAS TROFÉU JOSÉ FINKEL 2018

Sexta (24.08) – revezamento 4×100 livre I (2º lugar com o SESI-SP 3’37”06s)

Sábado (25.08) – apenas treino, sem atendimento à imprensa

Domingo (26.08) – 50m costas I Eliminatória: 26s72 e Final: 25s95

Segunda (27.08) – 100m costas I Eliminatória: 1m00s07 e Final 57s82

Terça (28.08) – 50m livre e revezamento 4×100 medley

TRANSMISSÃO DAS FINAIS À PARTIR DAS 17H30

A transmissão estará disponível na home page da CBDA: www.cbda.org.br